Se a disciplina é importante, em contrapartida, a criatividade, a liberdade para criar, também é fundamental para os profissionais hoje em dia. Assim, uma dúvida comum dos líderes é esta: como lidar com esses dois fatores que, a princípio, parecem ser contraditórios?

É muito difícil encontrar pessoas com essas duas características em destaque (muitas vezes, criativos ficam de um lado e disciplinados, do outro). Por isso, líder precisa definir qual das atitudes considera mais importante antes mesmo de recrutar os profissionais. Se você busca um time disciplinado, precisa levar isso em conta no momento da contratação, porque essa é uma característica extremamente difícil de ser desenvolvida.

Porém, como você já deve ter entendido, tendo uma equipe altamente disciplinada, pode ser que você encontre problemas quanto à questão da iniciativa e da criatividade. Assim, depois de contratar profissionais com perfil disciplinado, você deve começar a trabalhar o lado criativo e inovador do time. Essa, sim, é uma tarefa mais fácil.

Quando você tem uma equipe altamente disciplinada, você precisa estimular os profissionais a romperem o processo sempre que necessário. Caso contrário, você vai ter uma equipe quadrada e que não vai conseguir enfrentar os desafios que surgirem pelo caminho.

É possível ter uma equipe disciplinada e criativa ao mesmo tempo?

Checklist para melhorar a disciplina da sua equipe

Ações para você seguir se quiser que essa atitude seja melhor trabalhada em seu time:

  • Preocupe-se com a questão da disciplina na hora do recrutamento. É mais fácil contratar profissionais disciplinados e treiná-los para serem mais criativos do que o contrário. Portanto, se você precisa de uma equipe disciplinada, preocupe-se em contratar profissionais que já tenham essa característica em seu “DNA”. Além de observar isso na hora da entrevista, você pode falar com ex-chefes, ler avaliações sobre ele em redes sociais profissionais (como o LinkedIn) e promover dinâmicas de grupo que identifiquem essa característica. O importante é não contratar alguém tendo essa questão em dúvida.
  • Crie metas, objetivos e regras em conjunto com sua equipe. Isso vai fazer com que eles se sintam efetivamente parte da empresa e, além disso, vai funcionar como um acordo entre vocês. Eles serão disciplinados não porque são obrigados, mas sim porque entendem o que pode e o que não pode ser feito e entendem os motivos que tornam cada regra necessária.
  • Repita sempre as metas e regras a serem seguidas. Não basta apenas cobrar, é preciso ter consistência quanto ao planejamento e à execução para que os profissionais saibam o caminho a seguir. Se um dia você fala uma coisa e, no outro, muda completamente o discurso, vai ficar difícil estabelecer a disciplina na equipe.
  • Premie a disciplina e puna a indisciplina. Crie regras a serem seguidas, deixando claro tudo o que os vendedores têm a ganhar se as seguirem. Da mesma forma, mostre que haverá punição se elas não forem levadas a sério.
  • Você pode – e deve – cobrar disciplina. Pode parecer uma atitude um pouco impopular no início, mas a cobrança é fundamental para que sua equipe consiga alcançar os objetivos. Lembre que você vai cobrar algo que já foi acordado com eles anteriormente, é apenas uma indicação de algo que eles já sabem.

Está com alguma dificuldade extra para desenvolver uma equipe disciplinada?

Entre em contato comigo. É possível que um treinamento ou mentoring possa ajudá-lo.

marcelo-caetano-consultor-e-palestrante-de-vendas

Marcelo Caetano atua há mais de 18 anos como palestrante de vendas, consultor, empresário e autor de livros. Já são mais de 80 empresas atendidas em projetos de consultoria.

Desenvolve Treinamentos In Company desde 1998 e desde 2002 é colunista da Revista VendaMais, a mais importante publicação de vendas do Brasil.

Atualmente está à frente da VendaMais como Diretor-Executivo e Comercial. Conheça as palestras e treinamentos oferecidos por Marcelo Caetano clicando aqui.